quarta-feira, março 01, 2006

O que realmente queremos?

  • Este post se refere aos meus sentimentos e ansiedade em relação a estar listada no grupo dos 20 blogs indicados pela Gazeta do Blogueiro para o prêmio "The best" (assusta-me este termo)

  • O mundo nos apresenta várias ofertas.

  • Acho que foi legal eu ter recebido um destaque da Gazeta dos Blogueiros, mesmo sem participar dela. E quando fui convidada pelos amigos para participar eu queria ficar longe de uma política competitiva. Mas, quando fiquei em destaque gostei e creio que todos nós somos um tanto vaidosos, uns mais outros menos mas somos. Isso serviu de estímulos para que mais pessoas viessem aqui e eu sou uma pessoa com um certo grau de carência. Por isso foi bom. Então me dei conta que participar ali incluia liberdade também e que eu poderia agir ao meu modo trabalhando algo que preciso muito na vida: flexibilidade e jogo de cintura, pois a minha rigidez muitas vezes estragou tudo.

  • Havia colocado linque para os "The best" aqui. E quando resolvi enxugar um pouco o blog, pois algumas coisas não aparecem nos linques resolvi tirar os blogs classificados no "The best" e voltar a minha decisão de que eu não vou fazer nada para ser "The best", nem para ganhar dez pontos colocando tal botton. Implicaria um pouco com a tradução: "O melhor", pois melhor é aquele que está no Céu. Mas, sabemos que receber um prêmio "the best" de literatura nos EUA não significa exatamente ser o melhor, mas o melhor sobre critérios. E os meus critérios são diferentes dos dos outros. Tenho um gosto pessoal próprio. Até seria interessante mostrar aqui quais são os blogs que a Gazeta considera os melhores, mas o espaço da Gazeta na minha vida já está bem preenchido, eu gostei de ir lá e pesquisar muitos linques interessantes. Achei bem justo e oportuno trazer o linque da gazeta e ajudar as pessoas colocando dicas que eles dão para os blogs que são muito úteis e me permitiram aprender mais.

  • Não quero ser "the best" fazendo um esforço para sê-lo pois meu esforço é para ser eu mesma. Quem trabalha em parceria com a Gazeta do Blogueiro merece bem mais do que eu este prêmio, pois tem objetivos mútuos mais engajados.

  • A finalidade do muito fofo, que já mudou de temática uma vez está saturada em meio a tantas possibilidades e desânimo. Por isso participar de um site como a Gazeta e aceitar algumas dicas por lá é estimulante, como é estimulante visitar os amigos e receber visitas.

  • Quanto a questão da competição eu sou bem diferente da maioria das pessoas. Se a Psicologia de Spencer que norteia toda a construção do mundo atual e do capitalismo, nos diz que as pessoas funcionam melhor recebendo prêmios para fazer isso ou aquilo de construtivo, meu prêmio é fazer o que gosto. Deve ter sido pelo jeito como minha mãe me educou e por circunstâncias câmicas não necessariamente favoráveis ou desfavoráveis que sou assim e respeito o seu direito de viver até melhor neste mundo não sendo como eu, se for o caso.

  • Não voto em amigos ou pessoas com blogs bonitinhos e inteligentes para o The best e não faço esforço para ser the best, visto que, meu objetivo é ser única simplesmente. E se quizerem me dar um prêmio, mesmo que seja o "The best" por isso eu agradeço muito.

  • Obs: Não aprecio blogs criptografados. Se eu fizessse um concurso, coisa que não é bem do meu estilo, isso faria o tal blog criptografado perder pontos. A internet para mim deve ser alternativa e eu prego uma internet bem alternativa neste blog como vocês podem conferir.
  • Obs: Não pretendo com minhas idéias magoar quem quer que seja. A mágoa deve ser retirada das nossas vidas para um mundo melhor, por isso eu costumo trabalhar estes sentimentos ruins que muitas vezes se tornam para nós, humanos, agora incluindo também os chipanzés em nosso gênero, um impecílio a saúde, equilíbrio e harmonia com todo o cosmos.

_Bem que poderiamos ganhar o The best!

_Ihhhh, sapo. Eu preciso pensar em outras coisas, sabe...

|

Links to this post:

Criar um link

<< Home