sexta-feira, março 10, 2006

Eu vejo

Fecho os olhos e vejo:
Assim como existem os alcoolatras anônimos e sociedades como a dos controladores do peso, existirá a sociedade daqueles remanescentes que tentam largar o leite de vaca e de outros animais e os ovos. Ovo lacto vegetarianos como eu e um rapaz que entrou para esse clube na web e está querendo ser vegan (vegetariano total). Não tomei ainda esta decisão, mas vejo a sociedade do futuro. Ninguém quer molestar os animais, mas alguns ainda têm costumes primitivos, vícios arraigados. Pedimos para que não se sintam culpados e os auxiliamos num tratamento como se fossem viciados em cigarro ou em comida. Eles vão se alimentando com alimentos saborosos que a natureza oferece como as frutas, nozes e castanhas e procuram intruduzir em suas vidas a carne e o leite de soja, que a princípio parece ter um gosto esquisito e depois se torna muito saboroso, mas nunca uma delícia. Uma delícia é reservado para excessos, excesso de pimenta ou de açúcar, álcool etc...Saboroso é o bastante. O amor o bastante não vira também paixão e podemos ficar mais calmos, menos extressados e cuidar para não nos cansarmos demais gritando por exemplo como fazem os conensais diante dos cadáveres que consomem. Eu vejo todos nós dizendo não a dor e ao sacrifício. Estamos felizes e unidos na Fé na humanidade, no Amor e na Paz. Não é preciso pressa neste processo. É um processo natural e sem violência. Tenhamos paciência conosco mesmos!

_Croach! Que dia feliz!

|

Links to this post:

Criar um link

<< Home