domingo, março 26, 2006

Céu prá todos


O post a seguir é inspirado no que está ocorrendo em Portugal, poema coletivo no blog da Fátima Silva e no blog do Félix (nos meus linques) sobre o "céu"- Isso leva a pensar.

O "Céu é para todos" é uma linda música de Marisa Monte.
"Carneirinho, carneirão beirão beirão, olhai pro céu, olhai pro chão, pro chão, pro chão..."
(música infantil- folclore brasileiro)

O céu pode ter este sentido de camada que envolve a terra de ar, ou ter um sentido cósmico de universo, ou mesmo ter um sentido místico de paraiso.

Proteger o céu das novas gerações é algo mais terra, mais pé no chão e necessário. Veja este linque:

http://www.revistamacrocosmo.com/ceuparatodos/

Neste linque percebemos que há uma poluição luminosa e que os excessos que cometemos em relação ao uso da luminosidade artificial pode afetar as novas gerações. Temos uma responsabilidade para com elas.

Ainda a respeito do Céu eu ganhei um folder de uma colega que nos fala no trabalho de um casal de musico terapeutas relativo a termos asas e raizes ambas necessárias. Isso tem a ver com a música que eu ouvia quando criança "carneirinho, carneirão, beirão, beirão! Olhai pro céu, pro céu, pro chão, pro chão, pro chão, pro chão". Ancoramento para aqueles que se vão em seus devaneios! Vamos cuidar bem em todos os sentidos, pois, do nosso céu (ou Céu) e do nosso chão (ou Chão, Terra Mater, Gaia). Se eu olhar apenas para o céu, aquilo que idealizo, imagino e crio e não olhar para o chão posso cair tropeçando em uma pedra e se olhar somente para o chão a vida fica bem sem graça. Uns olham mais para a terra e outros mais para o chão e "cada um sabe onde lhe aperta o sapato". Já falei sobre isso, eu sei, mas já tenho 43 anos e o direito a repetição está aumentando.

Abraço.



_Croach...Sapos ganham asas em certas ocasiões.

_Que que você quer dizer com isso?

_Deixa prá lá...

_hummmmm

_nnnnnnnnnnnheeé

|

Links to this post:

Criar um link

<< Home