segunda-feira, fevereiro 13, 2006

Símbolos vivos da Paz


Imagem de autoria de Régis Dornelles
http://regisdornelles.blogspot.com


As pombas nos paralelepidos pousam mansas. Não tem medo dos gatos e dos seres humanos
e aguentam as brincadeiras infantis de algumas crianças a correr atrás delas fazendo-as levantarem vôo. Resistem muito ao estresse de estarem entre multidões e se dão muito bem com os pipoqueiros do parque. São alimentadas por alguns idosos e até mesmo por
mendigos, além de alimentarem-se de pequenas sementes das árvores. É preciso
muito pouco para uma ave sobreviver e muito para que possamos sobreviver ou viver dignamente se não somos capazes de ter a paz que uma pomba costuma carregar em seu
pequeno coraçãozinho.
Arrulham os pombos galanteadores inflando o pescoço a mostrar muita virilidade e o quanto são encantadores para suas meninas que fingem não gostar do gesto em alguns casos, pois sabem no fundo o quanto eles lhes trarão trabalho extra, se lhes emprestei meus olhos a elas e sabem de todas as humanidades que eu sei.

_ Croach... Pombas!

|

Links to this post:

Criar um link

<< Home