quarta-feira, janeiro 18, 2006

Uma visão sobre o câncer

A visão sobre esta doença tão horrível que é o câncer e que tive a tristesa de ver na minha família é bem esperançosa. Eu decidi que não terei esta doença e não terei. E digo, sabendo que muitos assinariam em baixo do que digo, pois muitos hoje pensam assim: que o câncer seja uma doença autodestrutiva, uma doença auto-imune, onde o sujeito que possui o câncer no fundo quer morrer (pode querer viver e querer morrer lá no fundo), e quer morrer por seus sentimentos de profunda mágoa ou rancor na maioria das vezes causados por alguém que o paciente de câncer de modo geral ama e odeia ao mesmo tempo, tendo por muito tempo negado estes sentimentos conflitantes. Foi isso que aprendi com minha mestra de florais Carmem Monari, e é nisso que creio a respeito do câncer. Sendo assim a pessoa propensa a adquirir a doença buscará uma alimentação inadequada. Vai se alimentar de enlatados quase todos os dias, vai usar muitos alimentos coloridos e aromatizados artificialmente, vai usar sacarina no cafezinho, fumar e cometer uma série de absurdos contra a sua própria saúde, para morrer lenta e dolorosamente, pois causa muita culpa a gente odiar a quem a gente ama. Em menor ou maior grau isso ocorre conosco e pode ser perigoso quando atinge limites extremos e cancerígenos. Todos aqueles que vivem esta situação procurem sair deste padrão. No meu processo é o que busco fazer sempre e sei que não vou ter esta doença. Eu juro.
São florais para estes sentimentos que causam câncer:
Cherry Plum= conflitos de sentimentos - florais de Bach
Willow= mágoas- florais de Bach
Câlendula= personalidades 8 ou 80, que levam tudo a sério demais (florais de MG)
E outros, sendo que acho interessante ver bem como anda a auto-estima de quem tem câncer.
Os florais tratam sutilmente e indiretamente o corpo físico, sendo que os florais interessantes para tratamentos metafísicos que em última análise podem resolver no corpo físicos como meros auxíliares (embora hajam curas praticamente incríveis).
Obs: Fique bem claro que doenças graves precisam forçosamente de acompanhamento de profissionais da medicina.

_Eu não quero nem pensar....

_É, sapo. Não pensa mesmo. Pensar pode doer.

|

Links to this post:

Criar um link

<< Home