quinta-feira, janeiro 05, 2006

Na República

Res=coisa
publica=pública, do povo, de todos

Aqui na República muitos vêm nos dizer sem querer quem são os amigos do rei, quem são os eleitos (até aquele comunista me diz, vê se eu posso!) e cabe a nós aceitar um vampirismo perpétuo ou decidirmos ser realmente livres, independentes, pela união, pela compreensão do espírito de grupo a que fizemos parte, por ouvir a opinião de todos e fazer valer a opinião da maioria. Basta querer. Mas, somos muitas vezes como um grande coral e cada participante do coro canta no seu próprio tom. Não há interesses comuns muitas vezes. E todos dormem enquanto alguns acordados estresssam-se muito para mostrar que somos todos importantes e dignos e podemos buscar a realização. E então, que os estressados soltem-se um pouco mais e os dorminhocos mantenham-se mais acordados ao longo do dia, pois o circo há de continuar! Ah, se há...

Circo? Tô fora, sô!

|

Links to this post:

Criar um link

<< Home