terça-feira, janeiro 03, 2006

Cogumelos


  • A autora do livro "Alimentos inteligentes", Jocelem Mastrodi Salgado, deixa bem claro que só quem entende pode apresentar cogumelos comestíveis ou não. É preciso ser um bom conhecedor, por isso só coma cogumelos frescos ou secos não industrializados vindos de fontes muito seguras!
  • Lembre-se que algumas espécies de cogu são venenosas e outras alucinógenas, daí o perigo a ser evitado.
  • "Cogumelos são plantas primitivas, classificadas como fungos que não podem obter energia por meio de fotossíntese e portanto extraem seus nutrientes do húmus (tecido decomposto de vegetais mais complexos)" (...) _do livro Alimentos Inteligentes supra citado- (Mas, com novas tecnologias é possível obter-se cogumelos a partir de algumas gramíneas- este parentese é meu)
  • São muitas as doenças que podem ser prevenidas por cogumelos (algumas citadas no post anterior) e estão entre elas a diabete, artrite reumatóide, lúpus, infecções e doenças auto-imunes, arterioesclerose e hepatite crônica, mas isso vai depender de cada tipo de cogumelo comestível.
  • O cogumelo mais conhecido no Ocidente é o Shiitake, o nosso champignon, mas o termo champignon aqui também é empregado para designar todo cogumelo comestível. Este cogumelo tem a capacidade de melhorar as defesas do organismo principalmente e é o remédio para coração, para o câncer, a pressão arterial e redução das plaquetas sangüineas aderentes (?). Tem funções semelhantes ao Shiitake o Agaricus Blazei. Não vamos escrever um tratado sobre espécies de cogumelos aqui, nem se preocupe.
  • Não é científico que eu saiba um alimento ser considerado afrodisíaco e isso é empírico e tradicional. Pois o cogumelo é assim considerado.

Fonte de consulta: Alimentos Inteligentes: Dra. Jocelem Mastrodi Salgado

_Não quero! Croach... É muito nojento!

|

Links to this post:

Criar um link

<< Home