quinta-feira, novembro 03, 2005

Viva!

Você faz parte...

Acho que não estou bichada, não.


Sobre aquele assunto dos meus e-mails na AOL que acho que não estavam sendo nem um pouco enviados, pois dizia assim: "transferência de aquivo interrompida" (ou quase): O problema está resolvido. Acho que pode ter havido um erro simples ou mesmo um invasor. Difícil saber. Mas, pelo menos por enquanto, está tudo normal.
Espero que continuem enviando-me e-mails, mesmo que eu não goste ou não concorde com alguns. Procuro não julgar as pessoas. Reservado o direito de liberdade não repassar e-mails que não devam ser repassados. Tipo um que poderia ser assim:
*
"Corrente:
Receba e passe para todos os seus amigos esta corrente para ter sorte no amor. Se você repassar esta corrente o amor da sua vida, aquele garboso e pimpão senhor lustroso vai te ligar depois da meia-noite. Aproveite para cestar a tarde toda, pois quando ele ligar não vai mais querer parar de prosear com você sobre exatamente tudo, tudo...você verá.
Agora, se você optar por não ser minha amiga e desgraçar a sua vida, terás cinco anos de azar no amor. E eu não vou nem olhar mais para a sua face.
*
Bom, pessoal: Eu não repassei esta corrente evitando assim que qualquer bonitão que existe as pencas por aí me ligasse numa horinha meio imprópria, lógico. Problema é que estou muito carente.
Estou precisando assim de mais amoooooooooooorrrrrr. E como recebi este mesmo email umas dez vezes mais ou menos então terei 50 anos de azar no amor. Isso que já estou com 43 anos! Ou viverei 93 anos e serei amada como eu gostaria mesmo ou na outra encarnação ainda terei chance. Mas, por gentileza, amigas (as mulheres que gostam mais destas correntes) não me enviem nunca mais esta corrente, ok?
Declaro-me a maior quebradora de correntes do mundo.
*
Algumas correntes são mais restritas como aquele e-mail a respeito dos problemas que a coca-cola pode causar e dizendo que devemos tomar seis copos d'água por dia pois a água evita muitos problemas. Até aí acho que está tudo bem, mas dizia para passarmos o e-mails para todas as mães de filhos pequenos para que não dêem coca para o filho. Quem não sabe que se deixamos alguns dias um osso dentro da coca-cola ele se dissolve, que coca-cola tira ferrugem, tira mancha? E não proibo ninguém de tomar coca-cola, mas por favor não façam isso todos os dias, tá? Não tomem refri todos os dias. Tomem chá! Tomem suco ou até mesmo água pura que não enferruja! Por falar nisso vou confessar uma coisa à vocês: eu tomo muito café. Mas, tomo até as 16 horas da tarde para não ficar insone. Mas, mesmo assim às vezes me passo e fico nervosa por causa disso. Somos todos uns envenenados, é certo. Uns mais, outros menos. Há um livro com um título muito bom (eu nunca li este livro): "Nós os intoxicados" (a anos atrás tinha para vender na antiga macrobiótica onde eu costumava comer uma sopa deliciosa.
*
Se você for logo a feira do livro, toca violão, não se importa de tocar músicas mais simples ou tem alunos de violão, saiba que eu achei na feira do livro um livro de violão que estava custando um real e comprei. Esta foi minha compra hoje na feira. O livro estava com algumas marcas amareladas nas bordas. Pouca coisa...Sou nojenta para sujeira. Deu para comprar.
*
Sobre a coca-cola. A coca-cola tem um certo valor sentimental para mim. Ah...muito de vez em quando eu tomo coca-cola em algum aniversário e no último deixei o copo pela metade tomando tônica(Devido a uma pregüiça que tenho de acreditar que tempo não é mesmo dinheiro, pois poderia ter complicado e feito um chá da india com limão como costumo ter na geladeira). Levei meu sanduiche para festa e fiz outros integrais também. Era aniversário do meu filho. Alguns sanduíches eu fiz de pão de centeio e tive com certeza alguns sócios, pois naturalistas sempre conseguem alguns sócios, infelizmente a maioria deles de ocasião.
E também gosto dos EUA, do Mac Donald longe de mim, lá fora de vez em quando para pedir uma salada ou umas batatas fritas (nem estou gostando mais como já gostei), mas desejo sinceramente que o Mac Donald faça para mim uns sanduiches de hamburguer de soja com pão de centeio, queijo de minas frescal, ricota ou tufu, alface americana mesmo bem crocante e molho a escolher. Assim está melhor. Os suquinhos estão gostosos por lá. Derrepente parece que tem até chazinho. Refri não que incha a pança. Obrigada!
*
Aviso aos navegantes: Não sou muito naturalista e comi a torta do último aniversário que fui que estava muito ruim. Se fossse eu teria feito uma torta melhor, mas não sou muito dedicada a cozinha fazendo muitas outras coisas. Ah...eu teria feito uma torta de abacaxi em calda com nata.
Não naturalista é claro. É só molhar os discos naquela calda do abacaxi. Picar o abacaxi e misturar com a nata. Depois tem mais um detalhe: cobrir com nata ou merengue, mas prefiro nata. E...decorar com abacaxis em cima. Tu não imaginas o que é esta receita que aprendi com uma tia...Ou comprar uma torta na Colmeia, encomendando antes daquelas tortas naturalistas deliciosas que eles fazem por lá. Mas, isso se fosse meu aniversário, lógico e se você fosse, claro...
*
Sobre a alimentação mais adequada a nossa qualidade de vida como cidadãos de cultura norte e sul americana eu tenho aqui (linque) o último e-mail que recebi de um gordinho muito simpático.
|

Links to this post:

Criar um link

<< Home