terça-feira, novembro 29, 2005

Vegetarianismo e


o preconceito de alguns (felizmente nem todos) profissionais contra o vegetarianismo. Veja aqui.
Existe a crença de que existam opções de vida a serem respeitadas em meio a diversidade. Desta crença participo. Respeito aqueles que comem carne e que não podem ser furtar desta por "n" motivos. Inclusive não acho propriamente que esteja certo ou errado em não comer carne e que tudo depende de cada indivíduo em si. A imposição de que devamos ingerir e digerir isso ou aquilo na sociedade atual não se refere somente aos alimentos. Há aqueles que querem impor modos de vida para os demais. Que vivem acreditando sem restrição em alguma religião que acham que todos devam seguir, ou no materialismo que acham que todos deveriam acreditar ou seguir ou de que a vida de todos deve levar em consideração, como se tudo fosse possível provar e como estas provas fossem mesmo cabais e não vencessem com o passar dos anos. Acontece de a gente chegar em uma confraternização qualquer e não perguntarem se queremos ou não ser servidos de algum alimento e vem um prato cheio, podendo ser constrangedor disser que não. A torta fria de atum com a salada de maionese e depois a farta fatia de torta recheada de ovos moles com o pudim bem juntinhos às quatro da tarde. Não, não estava bom quando eu disse que não e se ofenderam. Não estava bom quando eu comi para não causar problemas e não gostei, inclusive me causando mau estar. Estava bom quando alguém perguntou se eu queria, se eu estava satisfeita como eu gosto que fiquem satisfeitos quando são servidos por mim. E isso não significa que eu vá ter muito trabalho com pessoas diferentes e "especiais" como todos somos porque estas pessoas não gostariam de dar mais trabalho aos outros do que eles já tem. Por isso deixem que eu leve o meu sanduichinho de casa. Eu tive de ouvir aquela música e alguém não ouviu a que eu tinha proposto. Há certas imposições. Ser um ser padronizado é mais fácil e quando um se atira no poço todos devem seguir juntos, para não incomodar. (ironia)
Exemplos colocados aqui são meramente elucidativos e adequados ao texto, não havendo preocupação com fatos realmente ocorridos.
*Cantinas de escola, de faculdades:
Ela, Marildes, teve uma gastrite no final do curso de publicidade. Só comia salgadinhos e torradas no bar com um pouco de quetchup pela falta de gosto dos quitutes. Não ofereceram a ela no bar maças, nem sanduiches naturais com alface, tomate e pão de centeio e quando tinha este tipo de sanduiche era com presunto e ela era vegetariana. Sabia que pessoas que agem diferente dos outros incomodam muita gente que não percebe quem realmente incomoda. Ela custou a se recuperar e a recuperação se deveu a sua formatura quando pode voltar comer somente num restaurante vegetariano. (das minhas ficções com base no real)


Sistema penitenciário

"Tempo virá. Uma vacina preventiva de erros e violências ser fará. As prisões se transformarão em escolas e oficinas. E os homens, inunizados contra crime, cidadãos de um novo mundo, contarão às crianças do futuro estórias absurdas de prisões, celas, altos muros de um tempo superado. Aqueels que acreditam caminham para frente!"
Cora Coralina

O presente poema ilustrava o artigo de Luciano André Losekann na ZERO HORA intitulado Sistema Prisional e Segurança Pública.

Na semana passada fui conduzida por um amiga até uma obra da Bienal que nostrava o antigo presídio de Porto Alegre no porão do MARGS-museu de artes. Um terror! (não vou falar aqui sobre a obra em si para não fugir do propósito deste assunto) Eu imaginei que por mais que tenha em algum grau uma índole vingativa como todos nós seres humanos o temos, não desejo aquela prisão para ninguém e só desejo mesmo uma prisão que ainda não existe para que algumas pessoas recebam condições de se recuperarem realmente. É uma medida necessária que algumas pessoas tenham de ir para o cárcere para preservar a sociedade, mas esta necessidade deve ser cada vez mais incrementada no sentido da sua satisfação satisfatória realmente. Aí alguém pode me perguntar como ficam aquelas pessoas que têm menos condições do que se estivessem na prisão. E... um erro não justifica o outro. São muitos os necessitados. Paralelamente deverá ser dado condições às pessoas em diversos locais para que tenham vida digna. Cada segmento que não possua suficiente dignidade e qualidade de vida representa um obstáculo, algo negativo mesmo que interfere na vida de todos. Somos todos reflexos do nosso ambiente e do todo.

A propósito: as prisões na África são algo infernal, injusto, desumano demais e é um mau exemplo gritante de onde podem chegar os seres humanos. Os Direitos Humanos deveriam intervir mais nestes casos. (pessoas amarrotadas umas por sobre as outras, com uma alimentação eficaz para desnutrição, pessoas presas sem processos, considerados irrecuperáveis são assassinados). Não pretendemos chegar a este ponto, jamais.

Maconha

De acordo com a última ZH (Jornal Zero Hora de Porto Alegre) de domingo-Notícia de Letícia Duarte:
  • O consumo livre e crescente garante a legalização informal
  • É atalho para substâncias mais pesadas e incentivo para rede de tráfico e violência
  • O modelo norte-americano investe pesado na repressão e o europeu defende a descriminação do usuário e penas terapêuticos e o Brasil paga por ficar no meio do caminho.
  • A lei ainda considera crime o consumo, mas não prevê prisão dos usuários.
  • Segundo Cintia Freitas, coordenadora do programa de Redução da Demanda de drogas do Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime, é preciso focar no controle do tráfico, além de serviçõs de tratamento pelo Estado e ações de prevenção. Mas falta atendimento médico para dependentes, e a polícia está longe de ameaçar o tráfico.
  • Descriminação do usuário: Para o sociólogo Paulo César de Campos Morais, a sociedade ganharia com a descriminação do consumo. É preciso tirar o estigma do usuário, e ao mesmo tempo aprovietá-lo como fonte de informações para coibir o tráfico.
  • Quem experimenta maconha tem até 66,7 vezes mais riscos de consumir outras drogas
  • O uso sitemático aumenta em seis vezes o risco de evasão escolar
  • Em média, usuários de maconha têm duas vezes mais risco de depressão (e dá enfase a qualquer problema psíquico-o parentese é meu)
  • O governo brasileiro gasta ao menos R$ 82 milhões ao ano para tratar problemas ligados ao uso de drogas
  • Os últimos 3 ítens são de acordo com o que diz o psiquiatra Renato Laranjeira.

Com vocês a blogueira que lhes escreve:

Como considero a maconha, uma planta da natureza como as outras, com suas diversas propriedades podendo ser usada como remédio faz tempo que eu estava querendo colocar algo aqui no Muito fofo sobre a maconha. A maconha vem sendo usada em alguns países no tratamento do câncer aliviando dores e enjôos causados pela radioterapia. Tem usos com shampoos, comidas, etc. A Alemanhã atreveu-se a fazer uso industrial da maconha de diversas maneiras. Mas, cada lugar tem um contexto diferente. No Brasil eu acho que não há preparo para plantação e utilização da maconha ainda. Mas, é interessante que os dependentes sejam tratados e quando preciso gratuitamente e sejam descriminados pelo Poder Público, sendo proibido o tráfico. Muitas pessoas dependentes de drogas são ameaçadas e isso se torna um verdadeiro terror. Trazer para o lado da proteção da sociedade com todo o cuidado necessário aqueles que estão dependentes de drogas, a começar pela maconha é muito importante. Neste sentido é possível que as pessoas, ao menos muitas delas queiram se tratar e querer se tratar já é um bom começo. O tratamento, muito difícil, diga-se de passagem, dependerá da ajuda da família e inclusive da sociedade que precisa se solidarizar com problemas de forma geral que existem em quase todas as famílias. O controle das drogas ajudará indiretamente no controle da AIDS, é lógico, além de ajudar no controle da violência e da marginalização dos jovens.

Na minha opinião a canabis sativa será um dos remédios receitados no futuro e por profissionais da medicina ou da fitoterapia. Não sei se da terapia floral, mas se a maconha tiver flor pode ser. Mas, é preciso um contexto muito seguro para que isso ocorra.

Veja aqui sobre a responsabilidade penal a respeito do uso da maconha.

Esta responsabilidade deve mudar a fim de trazer a pessoa drogada para o lado mais saudável da sociedade onde pode receber proteção de alguma forma.

Minha pergunta: E se plantassem maconha em grandes plantações quem sabe, ou mesmo em pequenas extensões de terra para ser usada em produtos industriais não tóxicos e em medicamentos, muitos não seriam tentados a consumir esta erva para fins de drogarem?

O sapo diz: Não sei não...Perigoso, né?

segunda-feira, novembro 28, 2005

Fe

Laticínios cortam o efeito (não sei quanto) do ferro no organismo (por causa do Ca-Cálcio), ferro este que ajuda a não ficarmos anêmicos e com baixa imunidade.

Laticínios devem ser usados com cereais, amêndoas e passas principalmente. Leguminosas devem ser usadas principalmente com sucos cítricos como limão e laranja. A vitamina C ajuda o organismo a reter o ferro e a termos um maior aproveitamento deste elemento.

Isso você encontra em vários livros de Naturismo e talvez em outros de nutrição. Não é algo que eu tenha lido recentemente, mas lembrei de colocar este assunto aqui, já que falamos em um alimento rico em ferro que é o açaí. Ocorre que muitas vezes nos comemos feijão e após usamos uma sobremesa láctea que poderia ser deixada para mais tarde para termos um melhor aproveitamento dos alimentos, mas se você está bem não deve ser rígido (a) ou radical consigo, devendo muito bem saber o que faz, isso sim.

Obs: A autora do livro Caminhos Naturais da Nutrição disse para mim pensoalmente uma vez que falei com ela na feira que o espinafre não deve ser usado com molho branco, pois isso prejudica o nosso aproveitamento de ferro no organismo. E vegetais como couve e espinafre devem ser refogados sem cozinhar. O suco do próprio vegetal fornece a água necessária para refogá-los. Deixe esta água secar. (Na minha família se usou atirar água fervendo em cima da couve e do espinafre, mas o refogue no áleo ou cebola é mais interessante, pois não há disperdício algum do suco). Quanto aos legumes cozidos com exceção da inglesa e outros e por exemplo cenoura e beterraba, podem ser utilizado para fazer um arroz colorido e mais nutritivo.
E digo mais para aqueles que comem carnes de bichinhos:
Não é indicado comer carne vermelha e tomar leite. Use carne vermelha com frutas cítricas e com todo alimento que contenha vitamina C para um melhor aproveitamento do ferro. Quanto as demais carnes é melhor não usar com laticínios também.
Use laticínios com cereais.
Use ovos com suco de frutas cítricas também. Não use ovos com leite! A digestão não fica legal.
Evite usar os líquidos depois das refeições. Há os que vão mais longe e deixam para bem depois. Os radicalismos no entanto só dificultam tudo na vida dando margem a desistência em assumir um propósito qualquer (opinião pessoal).
Você aprendeu que enquanto o Ca (cálcio) corta o efeito do Fe (ferro), a vitamina C, presente no limão e não laranja estimula este mesmo efeito. Ou você já sabia disso tudo e não dizia nada?
Exs. Leite contém Ca (cácio) e feijão contém fe (ferro). Uma limonada cai bem com feijão com arroz de preferência integral e coberto de salsinha que contém mais ferro ainda, mas uma sobremesa láctea pode prejudicar a absorção do Fe, embora eu não saiba dizer até que ponto.

Croach...Que é que deu nesta mué que só tá falando de cumida, sô?

Fome, meu querido. Fome. Fome nem sei do quê.

Conduta exemplar

Aqui brasileiro dever estudar mais propriedade plantas Amazônia like our brothers americanos fazer muito bem.


Açaí

Você já tomou o suco do açaí?


Origem da imagem (linque)

Eu sempre que vou a Cooperativa Colméia aqui de Porto Alegre (José Bonifácio street) peço um copo de açaí. O suco e a o açaí na tigela também é servido na sorveteria Cron's aqui em Porto(na Felipe Camarão). Estes produtos vêm da Amazônia para cá.

Quando baixa a minha imunidade eu principio a ter dor de garganta, sinal de desequilíbrio geral e além do gengibre o açaí é outro alimento-remédio que me livra de ficar doente se ingerido logo.
O efeito do açaí no sistema imunológico é fantástico.

A poucos dias atrás eu fui almoçar na colméia e pedi o de sempre depois do almoço: suco de açaí. Eles já tinham encomendado polpa congelada de açaí da Amazônia que a gente coloca com água no liquidificador para fazer suco, mas não tinha chegado, estava demorando. Em homeagem à Amazônia me contentei com um suco do extrato do guaraná que para mim não trás tantos benefícios quanto o açaí. Estava muito bom.

O Brasil está exportando açaí para os Estados Unidos. (Brincadeirinha: em troca da coca-cola. Eles mandam alguns engradados para cá e recebem a polpa congelada do açaí. Baita negócio, tchê!)

Tem gente que não gosta do suco de açaí porque diz que tem gosto de terra. Eu acho uma delícia porque tem gosto de terra. (Não, não estou com vermes e nunca comi terra. )Mas, eu tenho uma atração especial pela terra, pelo barro que é elemento essencial a ser valorizado. A lembrança da terra que o açaí trás me preenche, pois existe para mim carência de elemento terra no mapa astral. Deve ser isso.

Aqui (linque) você confere notícia sobre a exportação de açaí e deduz-se que os americanos vão ficar mais corados, fortes e saudáveis. Tô com ciumes, confesso. Mas, eles também merecem nosso açaí.

Tenho uma amiga que morou na Amazônia e um médico da região recomendou à ela que adotasse por hábito usar o açaí em casa para toda a família ficar fortona. Mas, esta minha amiga diz que tem a impressão de estar tomando suco de terra e isso que ela é nutricionista das boas. Pena! Ela falou para mim desta recomendação do médico e eu de vez em quando tomo açaí, pois não?

Imagine você que o açaí vem de uma palmeira da qual se extrai o palmito e o palmito é considerado pelos vegans um alimento praticamente proibido pelo fato da sua exploração devastar a natureza (alguns dissem que é possível explorar palmito sem devastação também). Veja aqui sobre esta palmeira que nos fornece o açaí.


Não quero que todo o açaí daqui seja levado para lá. Oh Lula, deixa um pouquinho de açaí prá nós tá? Prá gente ficar forte. Açaí: exija o seu! Tim tim...
Veja só como se fala sobre açaí em Inglês: aqui.
(mesmo linque da linda imagem).
Obs: Arrisco o palpite de que o açaí deve ajudar muito no caso de pacientes com aids. Lógico.
Obs2: O açaí também pode ser usado para tingir cabelos como a henna que é produto indiano.

sábado, novembro 26, 2005

Manifesto da

Associação Mundial de Ecologia ao povo brasileiro: Veja aqui
Tem como um dos fundamentos alcançar Paz para todos.

_Você disse para todos? Croach...

_Croach...

"Verde de maduro!



"Responda rápido:
Quantas cores tem um prato
de comida?
Verde não pode faltar
inclua o verde-almeirão,
chicória, couve, agrião?"

do Livro das atitudes-Witch- Brinde da revistinha
É para pré-adolescentes e eu comprei para copiar os desenhos
(deu vontade) e é para menina, por isso eu tive de
comprar para mim e assumir. He..he...Só tenho dois lindos mocinhos.
-Ah...Mas, é muito fofo! E faz parte da minha
coleção de mini-livros

Ops! Não conheço almeirão. Quando eu vou na Feira do Verde (Sábado na José Bonifácio em Porto Alegre) fico perguntando e cheirando vegetais que eu nunca vi, não sei o nome, não sei para que serve. Alguns deles é óbvio, que não sou tatu, mas sim...Hoje aprendi que existe manjericão roxo.

croach...croach...croach...Você comenta se quizer e se não quizer não comenta, mas é a sua opinião que faz a diferença.

Viva!

Entraram os primeiros coments deste blog, depois de muito tempo...E os coments foram: um coment do Daniel, meu filho. Adorei, Dani e tivemos também dois coments de teste, um meu e um do Régis.


Obs:




A maçã, sem agrotóxicos deve ser comida com a casca para que possua todas as suas propriedades.

Maçã


Imagem do site All Posters

Porque é pecado não comer maçã?

  • Ajuda muito no controle de colesterol
  • Contém vitamina C
  • Evita câncer digestivo principalmente
  • Retarda o envelhecimento
  • Ajuda na limpeza d os dentes e gengivas
  • Previne doenças cardiovasculares e previne prisão de ventre (presença de pepsina)
  • Usada no controle de diaréia em crianças (quando a banana e a batata inglesa neste caso são mais eficazes)
  • O açúcar da maçã não prejudica diabéticos
  • E outras utilidades

Recomenda-se uma maçã por dia

De acordo com o livro Alimentos Inteligentes

da Dra. Jocelem Mastrodi Salgado

Editora Prestígio

quinta-feira, novembro 24, 2005

Perguntas ecológicas

  • Por que não existem refils para vidros de deterngente para louça?
  • Por que alguns vidros de detergente para louça não abrem para que possam ser reutilizados?
  • Por que não vendem as tampas das latas de lixo separadamente?
  • Por que nem sempre podemos comprar uma vassoura separada do cabo adaptável que dura mais?
  • Por que nos oferecem nos mercados uma bandeja com algum produto como o gengibre e a pimenta dedo de dama, se desejamos comprar apenas uma ou duas unidades destes produtos?
  • Por que no final dos semestres escolares e de faculdade algumas pessoas abandonam cadernos pela metade quando poderiam colocar clips nas partes usadas e reutilizá-los no semestre ou mesmo no ano seguinte?

Amemia


falciforme

O Governo Brasileiro tomou providências no sentido de

combater a anemia falcifome no País. A anemia falciforme

atinge principalmente a população de descendência

africana, sendo hereditária. Estas pessoas deverão buscar

recursos oferecidos com diagnóstico, tratamento e remédios

oferecidos gratuitamente.

Veja aqui. (linque que descreve

a anemia falcifome e fornecesse endereços).

O Programa Nacional de Atenção Integral às Pessoas com

Doença Falciforme foi assinada pelo ministro da Saúde,

Humberto Costa, na 1ª Conferência Nacional para

Promoção da Igualdade Racial.

Veja aqui sobre esse programa.


Este amiguinho chegou para ficar.

quarta-feira, novembro 23, 2005

Linques


A chuva de ontem não chegou muito forte.
Eu rezei por isso e dei graças. Estava muito
assustada esperando
algo de arrebentar como da outra vez.
Parece que a Natureza
está tentando um acordo conosco.
Um acordo de respeito mútuo... Vale a pena;
confirmam a buganvileas. E F. Capra
diz que há tempo de acertamos
as contas com a mãe natureza.

Problema Técnico neste blogue:


Linques deste blog desapareceram
de vista e não estou conseguindo consertar isso.
Na verdade eles estão lá em baixo.
Mexi nos títulos deixando-os bem curtos,
pois às vezes devido a extenção dos títulos ocorre
dos linques se moverem.
Penso em hipóteses,
só em hipóteses a respeito disso.


???????????????????

Então: Vá bem lá embaixo para ver os linques
deste blogue (adotando a palavra do Português de
Portugal para blog)
Neste sítio, neste quintal, neste blogue, ou neste
blog e porque não, você verá
coisas que a razão e o coração não querem calar.
Bom dia!
Obs. A formatação irregular aqui é uma tentativa de
restabelecer o lugar adequado dos linques.
Tô ficando chata. Fui.

A

responsabilidade de quem tem um cão como mascote
Esta placa permite no Parque da Redenção que o parque possa ser bem aproveitado pelas pessoas e mesmo por cães. Principalmente os cães de grande porte podem escapar da guia e fazer uma interpretação de algum gesto de alguém que corre, se movimenta, de uma criança que se expande e morder alguém. É preciso que sejamos responsáveis como cidadãos.

Você faz parte...

Lixo seletivo

em Porto Alegre


Você faz parte...

Em vários lugares do Parque Farroupilha e na Rua José Bonifácio encontram-se lixeiras assim que são de belo design, educativas e práticas para quem está caminhando e pode comprar algo para comer ou beber na rua mesmo.

Estou destacando estas lixeiras como exemplo.

Errata


Tenho a presa como inimiga muitas vezes. Onde lê-se no penúltimo post sobre F. Capra e suas idéias ecológicas, Vida na Favela, leia-se "Maré, vida na favela", livro brasileiro apreciado pelo autor que se interessa pela estrutura das favelas.

Não arrisco muito a perder posts grandes como já ocorreu "n" vezes (Aqui não muito. O sistema da blogspot é ótimo.

Você faz parte...

_Oi!

_Oi, gnomo! Prazer em vê-lo. Mas, a que vieste?

_Eu vim contar para ti e para os leitores do Muito Macio que o evento para receber o F. Capra estava marcado para o dia 21.

_Ah...Mas, acho este aqui é o blog Muito Fofo.

_Ah sim. Tudo a mesma coisa. Mas, mesmo assim vocês podem conferir algo mais sobre o Frutjof Capra no site www.falandodecarreira.com.br

_Pois é, eu ia citar este site, mas deixei para lá, pois me pareceu que nosso herói não esteja mais nesta cidade e nem dando paletras.

_Eu vi alguma coisa interessante lá no site supracitado, mas tive de voltar logo para o Parque Farroupilha. Tá um calorão danado. Previsão para chuva e muita gente já com medo de chuva, como você, não?

_Não, gnomo. Eu gosto de chuva. Só não gosto de chuvas tipo desastre ecológico como aquela última que fez render muitas histórias de horror. É disso que dá medo. Eu não quero mais casa alagada e estou sentindo em mim toda que está mesmo para chover.

_É uma umidade relativa do ar que está se tornando quase absoluta. Fui. Num deu mais prá ficar aqui.

_Beijos! Volte sempre!
E isso que o ventilador está ligado...Estes elementais!



Você faz parte...

As Idéias

de Fritjof Capra,
autor de o Tao da Física e O Ponto de Mutação
De acordo com o que li no Jornal em Aquarius, edição de novembro deste ano e coloco aqui de forma adaptada ao blog. Não se assuste. São idéias muito simples (despidas de complicações científicas), inteligentes e pragmáticas.
  • O Universo se divide em redes que se comunicam entre si.
  • As estruturas da natureza podem inspirar as ações da sociedade humana.

  • Existe o conflito entre capitalismo globalizado e as comunidades sustentáveis com seus projetos ecologicamente amigáveis denominados ECO DESIGN. Isso sucede com economia no consumo de bens como a água, a energia limpa, a redução do volume de lixo e cultivo de valores não consumistas.

Propostas de Capra:

  • Substituição de carros atuais por modelos menores, mais leves, feitos de fibra de carbono e movidos a células de hidrogênio gerando apenas vapor d'água como resíduo.

  • Uso de materiais encontrados na natureza como o bambu- planta resistente e que absorve 40 vezes mais carbono da atmosfera que outros vegetais.

  • Uso de produtos que passam a ser alugados em vez de comprados. Ex. Televisão- Caso em que a maioria dos aparelhos velhos é abandonada por pequenos defeitos ou porque estão ultrapassados. O novo design da TV alugável permite o encaixe de peças facilitando manutenção e reciclagem.

  • Nova Educação à partir da Eco-alfabetização onde está incluida a horta, a cozinha e a sala de aula.

Frases de Capra:

"Os problemas são tão graves e multidimensionais que não importa onde começar. Se você é um arquiteto, contrua casas; se for um negociante, faça isso nos seus negócios. Mas faça tudo de uma forma ecológica, holística".

"É bem provável que tenham que enfrentar uma catástrofe ecológica a não ser que mudemos drasticamente nosso estilo de vida, nossas economias, nossas instituições".

"Consciência ecológica é consciência espiritual. Sentir que estamos inteiramente ligados ao cosmos, que pertencemos ao universo. A visão ecológica tem de estar assentada na espiritualidade para ser bem-sucedida".

Leituras complementares:

  • Procure o site da Revista em Aquarius, para ler esta reportágem na íntegra
  • Autores: Rabino Nilton Bonder (Eu recomendo), Alvin Toffler, Alain Touraine, Michel Maffesoli, Frei Betto (Eu recomendo) e Edgar Morin_ Capra recomenda o livro Vida na Favela, da Editora Casa da Palavra. O autor preocupa-se com o problema das favelas, dança Frevo e fala um pouco de Português. Sua vinda à Porto Alegre está prevista na revista para este dia 21 e possivelmente ele esteja nesta cidade.
Você faz parte...

terça-feira, novembro 22, 2005

"A poluição

na Amazônia

aumenta a poluição em São Paulo e esta é a tendência para outras cidades do Brasil com as queimadas. Veja mais uma reportagem da Revista da AOL sobre o assunto aqui. É o chamado efeito borboleta que se estabelece. Por falar nisso ainda não vi o filme "O efeito borboleta". Mas, como?





Imagem:
Fotografia na Net
autor:Vítor Dias
A imagem está colocada aqui em tamanho reduzido.



Você faz parte...

"A Amazônia...

Você faz parte...

...vai virar Savana"- É o título de reportagem exclusiva da AOL.
Segundo a Revista da AOL, o ciêntista americano Daniel Nepstad estudou a Amazônia e dá orientação sobre como as pessoas devem agir sobre a Amazônia. Veja aqui (linque sobre a notícia).
Convêm esclarecer a falsa lenda urbana que se formou dizendo que os americanos querem tomar conta da Amazônia. Sobre isso há uma reportagem em forma de entrevista na AOL (revista) também: Veja aqui (linque para a reportam “Os americanos não querem tomar a floresta do Brasil”.
De acordo com a AOL do Brasil.
Em relação as fronteiras da Amazônia, tanto para estrangeiros quanto para brasileiros mal intencionados (e me refiro aqui a indivíduos independentemente de nacionalidade) houve imenso tráfico de animais e espécies, clandestina e ilegalmente. Não sei como está este problema agora, pois a tentação deve ter diminuido muito com a seca. Este é outro problema.

segunda-feira, novembro 21, 2005

Concurso

de fotos

de animais 2005 em Londres premia esta foto com o merecido primeiro lugar:



Descrição do BBC de Londres:

Nos céus

Manuel Presti, da Itália, ganhou o concurso de melhor fotografia de animais de 2005 com a imagem de um monte de pássaros fugindo de um falcão.

O concurso é realizado todos os anos pelo Museu de História Natural britânico e pela BBC Wildlife Magazine.
Veja outras fotos: aqui
Reporte-se a reportagem que deu origem a este post no BBC de Londres em Língua Portuguesa.(linque em destaque)

Que tal fotos ecológicas, heim?

Você faz parte...

Esconvando


os dentes

Você faz parte...

Camarão Um minúsculo camarão entra na boca de um peixe para limpar os seus dentes de parasitas.
Foto: Jim Greenfield

Foto de um concurso britânico que premia fotos do Mundo Científico.
Reportado ao BBC da Inglaterra- Pode conferir a notícia e ver as outras fotos em Língua Portuguesa no linque (em destaque).

A volta

Você faz parte...

... dos cãezinhos pit bull

A palavra cachorro tem o som e grafia igual a do Espanhol e no Espanhol significaria filhote de muitos animais. Usar a palavra cachorro pode dar margem a confusões já que estamos próximos dos nossos hermanos da América Latina em muitos casos e também porque muitas pessoas foram chamadas de cachorros, ofendendo a estes animais como indicativo de falta de carácter. Por isso coloquei este título com a palavra cãezinhos lembrando que eles também precisam de carinho e afeto.

A polêmica em torno dos cães pit bull despertou-nos para aquilo que estão chamando de racismo ecológico e para novas responsabilidades cidadãs que antes eram tidas ainda como tabus sedimentados pelo medo que aflige a todos nós diante do perigo onde é exigido cuidado especial.

Confira aqui. (link para a Arca)

Existe até um site só para eles pit bulls. (link)

Abertura



de arquivos



  • A abertura dos arquivos dos antigos militares do tempo da ditadura está ocorrendo, mas de uma forma difícil de descrever. O serviço é secreto e feito por alguns ministros. Somente a família de pessoas desaparecidas (E presas e torturadas também?) terão acesso a informações.
  • Espero que isso seja somente um início de processo quando em primeiro lugar os historiadores terão acesso a este material hoje, obviamente, já bastante danificado e com partes faltantes. E em última analise o povo, ou seja nós, tem direito a sua própria história recontada a Luz das novas verdades.
  • A polícia deveria estar lá vigiando os ministros também (acho que não está ou ficaria surpreendida com tamamha evolução). Vivemos em um País, em que, haja vista novas revelações, não se pode confiar cegamente em quem quer que seja.

  • Ontem eu achei a reportagem da Folha de São Paulo e me contive para escrever aqui à respeito, pois esta nova informação surge de forma um tanto obscura e é obscura mesmo. Talvez seja necessária a tamanha reserva, mas por enquanto. Hoje não encontrei mais a tal reportagem a respeito e encontrei outra do Jornal da Ciência. Veja aqui. (linque)

  • O governo resistiu muito a esta abertura de arquivos que vem sendo cobrada pela sociedade a tempos.

  • Algumas torturas à título de trotes e brincadeiras com conseqüências graves ocorreram no exército contra soldados rasos e jovens na idade de servir. Estas "brincadeiras" sádicas em maior ou melhor grau, sabe-se por muitas histórias relatadas por parentes, vizinhos, amigos e conhecidos que sempre existiram e são muito piores do que as brincadeiras ocorridas com calouros da faculdade que muitas vezes resultam em humilhação e em atos sádicos que deveriam ser varidos do nosso contexto onde os jovens recebem e aceitam abuso aprendendo a abusar dos demais. Talvez estes fatos de mau comportamento que expulsaram um superior do exército tenham servido de motivação para a abertura dos arquivos, já a tempo, quando vemos que no exército existem redutos daquela mentalidade às antigas onde imperavam os dias dias de horror.

Você faz parte...

domingo, novembro 20, 2005

A cura

que vem da Mata . (linque)


  • Notícia boa é esta de que a fitoterapia ganha um espaço muito mais importante no Brasil e em diversos paises. Hoje é reconhecida como prática legal, juntamente com outras práticas alternativas. (a respeito foi publicado na última superinteressante)

  • A valorização destes recursos naturais é muito importante, mesmo para a preservação da natureza. Devemos tomar consciência dos nossos recursos.

  • Até mesmo os animais sabem com que ervas devem se tratar e alguns animais chegam a conhecer diversas ervas (símeos). Então, cada um de nós deve saber sobre os recursos que a natureza nos oferece para que tenhamos mais saúde.

  • "Onde está o doente está o remédio e onde está a doença está a cura". (Princípio da terapia floral)

  • Permita que nasçam plantas ao seu redor e preste a atenção nelas, não apenas àquelas que você escolheu, mas naquelas sementes trazidas pelo vento para bem perto de você!

  • Todas as plantas tem uma função importante na vida do ser humano, embora algumas sejam mal empregadas como é o caso da maconha. Este caso e outros como o da cocaina devem ser muito pensados e repensados sem que tenhamos fáceis opiniões a respeito do assunto.

sexta-feira, novembro 18, 2005

Desertificação

Você faz parte...

Não vamos esquerar o dia especial de se pensar na desertificação. A desertificação do Planeta e não só do Brasil está ocorrendo a todo momento.

  • Existe uma convenção sobre o assunto. Veja aqui. (linque)
  • Como está o Brasil no combate a desertificação? Veja aqui. (linque)
  • Veja também conceito e material em Adobe Reader aqui. (linque)

De repente

fizemos mesmo parte de tudo isso e tomamos consciência, paulatinamente, na medida em que diminui a exclusão daqueles que são manipulados pela longa mão do Estado e de tudo o que é oficial, inclusive a Ciências e Humanas de modo geral às qual não desprestigio aqui, rendendo-lhes justa homenagem mesmo reconhecendo que estão à mercê deste domínio ao qual servem. E quem ignora e/ou tem medo apenas serve. Quem vós escreve aqui também é uma pessoa um tanto alienada (ou assustada) querendo acordar, o que ocorre de vez em quando quando encherga luz no final deste grande túnel.

Veja só isso:

Sociedade da Informação (linque para algo revolucionário e realmente importante).

A tomada de consciência da dignidade de cada um de nós toma impulso. Não que isso nunca tenha ocorrido. Mas, um novo senso crítico a respeito daquilo que nos é ditado como certo e do que devemos aceitar ressurge cheio de energia. Chamam isso novamente de Democracia. Pois que então seja e prá valer.



Você faz parte...

Os pandas...

estão ameaçados de estinção na China e os humanos têm muito gosto em falar sobre os pandas que são muito graciosos. Pois, os chineses dedicam especial atenção a eles. Estão sendo gestados por inseminação artificial e muitos vivem em cativeiro.



Quantas crianças deveriam ser queridas quantos os pandas e como se deveria fazer questão de que as crianças nascessem. Mas, os pandas são um começo para nos sensibilizar para a questão dos bebês que devem ter uma chegada de honra neste mundo.

Sobre isso eu li na AOL do Brasil que trouxe da BBC e se você quizer ver mais sobre estes bebês pandas clique aqui e troque de imagem nas setas ou nos números que você vê abaixo da primeira imagem, da segunda e assim sucessivamente.

Você faz parte...

Eu estava...

Você faz parte..
...espiando o que ela fazia a serviço do serviço secreto a respeito de como vivem estas pessoas que fazem blogs ecológicos na web. (A propósito também tem um dos blogs que linquei aqui que também é de detetive).
Ela deu mais uma ajeitada naquela despensa que está ficando que é um brinco de princesa. Depois limpou a pia com saponáceo e escova de dentes usada. Isso foi alguns minutos antes do almoço.
Depois, estando só, tirou da geladeira aquele caldinho de feijão que fez ontem com o feijão em pó(maravilha da indústria contemporânea) colocou salsinha picada em cima, pôs numa xícara e bebeu, retirando depois algum alho picado e gengibre com uma colherinha e aproveitando para ficar forte como recomendava a todos de quem ela gostava. (Depois que uma vizinha lhe ensinou o gengibre ralado ela não se queixa quase nunca de dor de garganta que é cortada desde o início pelo efeito do gengibre-esta maravilha). Comeu um sanduiche feito de pão de centeio 100% integral (que o moço vende na feira do Verde da José Bonifácio-Porto Alegre -RS) com uma mistura de um pote de iogurte natural, o restinho de maionese sem colesterol do marido que ficou no fundo do pote, tempero verde e mais alguns temperinhos com um pouco daquela cebolinha bem miúda conservada em azeite de olívia que uma moça muito legal lhe ensinou na feira. Depois de passar esta substância sobre o pão, recheou com alface e ricota. Até aqui tudo bem. Mas, depois ela colocou em uma taça duas bolas de sorvete chicabon da kibon (nutritivo e gostoso) e derramou sobre ele um pouco da coca-cola do esposo que ensiste em tomar refrigentante apesar de já estar com alguns problemas sempre reforçados pelo refri. E tem café passado (do Pacheco) na térmica. Aposto que depois ela vai lá e vai beber uma xícara.
Esta mulher é naturalista, ma non tropo. Estava se envenenando um pouco, pois sentia-se muito culpada de achar que os outros são culpados. E como dizia um engraçadinho: "Por mim que eu morra!" E ia morrendo de morte lenta e dolorosa como nestes casos em que se come muito sorvete e chocolate. E se outros usam por exemplo o tal de "sugar blue", ela não queria ficar para semente, então, de vez em quando se envenenava aos bocados, mas só de veneninhos leves como você vê.
Experimente também limonada (de limão). Limonada é refrescante no verão, mata a sede, contém vitamina C e previne infecções. Com limonada você fica melhor em tudo. Eu disse "melhor".
Outro assunto:
Andei olhando rapidamente alguns blogs ecológicos na web e achei que em relação ao meu provamente a maioria deles são mais radicais. E eles são bem mais cheios de tecnologia, estão cheios de assuntos interessantes e polêmicos. Alguns são completamente científicos até. Contém idéias inovadoras e pacifistas de modo geral. Uma questão que eu vi discutida foi sobre as propagandas, a mídia...
Pois é.
Opinião pública e propaganda:
Lendo um pouco sobre opinião pública, propaganda, o poder do Estado (com seus três poderes distintos) e a atualidade neste sentido, conclui que deve haver um equilíbrio em todas estas forças, por vezes antagônicas em seus interesses e colocações. O que acredito que esteja mudando seja a opinião pública, agora com um papel mais importante na sociedade, a exemplo da blogsfera. Agora as pessoas não ficam, mais tão passivas como no tempo em que não havia muito acesso a computadores por usuários comuns. É preciso ter senso crítico sim, embora a opinião pública seja apenas uma força a mais que não deve ficar a mercê da manipulação e nem ter uma força desproporcionalmente grande (o que acho que está longe de ocorrer). Esta opinião pública infelizmente é principalmente a opinião da elite, da burguesia, mas também determina e se propaga neste universo que se alimenta de seus próprios conflitos "ecológicos", onde espero todos estejam tendo condições e estímulos para a melhoria da nossa qualidade de vida.
Existe alguma intensão de ampliar este assunto que está sincrônico em alguns locais da web.
Notem bem que quando coloquei a palavra propaganda aqui eu não estava me referindo apenas a propaganda de produtos a venda, mas da propaganda do Estado e a nossa propaganda, ou seja, a propaganda da nossa opinião pessoal, nossos interesses como indivíduos. Não precidimos da ciência, do poder do Estado, das diversas propagandas que recebemos nos influenciando e das que fizemos para os demais. É bom que sejamos vistos neste contexto global. O que pode melhorar aqui é o aprimoramento das idéias e senso crítico da parte de todos, com filtros melhores para o que recebemos e consumimos, atitude que irá aprimorar todos os setores da sociedade.

quinta-feira, novembro 17, 2005

"Poema



de Loudes Teodoro

"trago-vos rubis, águas-marinhas
e esmeraldas,
orquídeas, papoulas, cantos de juritis,
bebi nas taças de xangô,
de oxum, de ibejis:
cá estou humilde ao vosso peito:
Que me envolvais,
acalentais a mágoa,
me perdoeis, que me acomodeis o jeito.

orquídeas, papoulas,
contos de jurutis,
é toda de amor a uma que vos trago;
vem de longe: riachos,
grandes rios, muitos sóis
tranpus ao vento e aqui chegando
imploro vosso afago.

bebi nas taças de xangô, de oxum,
de ibejis:
confio em vosso senso de justiça.
nas nascentes
em que lavo minha face
giram em ciranda mil meninas tristes.

cá estou
humilde em vosso peito:
venho buscar consolo e alegria.
que distribuo
pelo mundo afora,
pros deserdados desse amor sem dia.

que me envolvais, perdoeis,
acomodeis o jeito:
é na altivez da montanha,
na fonte
primeira
das águas mais limpas
que me perfumo e enfeito
pra sonhar ser vossa, inteira em vosso leito."

"O poema foi extraído do livro
Canções do mais belo incesto e poemas antigos,
editado pela autora em Brasília, em 1996. Lourdes Teodoro, ensaísta e poeta, é doutora em Literatura Comparada e, entre outros trabalhos, publicou Água marinha ou tempo sem palavra (1978) e Paysage em Attente (1995)."

Jornal Trohín, Brasília
ago/set.2005

No Brasil há muita África. À essa África em nós, hoje, podemos tirar o chapéu, passado o tempo em que não havia condições culturais para a valorização do elemento negro, havendo tanta crueldade e ignorância em nossa história. Hoje, pois, não há cultura que deva ser desvalorizada entre nós.
Além de falar sobre a África o poema nos fala sobre uma natureza em exuberância à qual devemos reverência, junto a todos os seres que nela habitam, pois o meio ambiente nos valoriza. Hoje estou em um Terra que vem sendo desrespeitada (Você também). Sinto que preciso de mais valorização para todos nós nas nossas origens, na nossa cultura e para aquilo que tem valor ao nosso redor e humildemente nos beneficia. Não há mais espaço para "superiores" aqui. Somos dignos. Todos dignos.


Você faz parte...

teste

Você faz parte...

Que eu fiz de errado que os meus linques foram parar lá em baixo?
Como devo consertar isso?
Talvez eu mude tudo se continuar assim.

Venenosa

Você faz parte...

Tudo é relativo nesta vida e este blog também.

Beba Coca-Cola !
Beba Pepsi-Cola!
Não cheire coca, nem cola.
Se você quizer é claro...

Nos não somos puros.
Meu veneno é café,
é as vezes gostar de você que pode até fazer mal...
Um dia destes eu ouvi um pai conversando com um
filho pequeno.
Acho que era um pai separado levando o filhote para passear.
O filho perguntou para o pai:

_Pai você é contra as drogas?

_Sim, filho, sou.

_Então por que você fuma? Cigarro não é droga?

_Não cigarro não é droga, mas contém não sei quantos
venenos. Ou seja, cigarro é droga. Bebida é droga.
Remédios são drogas. Tem coisas que também não são
e são drogas como os remédios que o Doutor Zinho dá
para você quando você fica doente, mas só o doutor pode
dar porque tem uns veneninhos ali que ele controla.

_Como estes que saem dos carros e a gente respira?

_Sim. Acertou. Para dizer a verdade logo que você decidiu
ou não vir para este mundo, já estava se envenando.
Até os sentimentos que achamos que devemos ter
ou temos envenenam o fígado, os rins, os pulmões...

_Quer dizer que eu posso me drogar?

_Não. Aí é que nós devemos chegar.
É preciso saber até onde podemos ir o que colocamos para
dentro de nós.

_E o que podemos colocar para dentro de nós?

_Esta pergunta que você deverá fazer para toda a vida,
principalmente.

Obs: algumas histórias que conto aqui são apenas

baseadas na realidade ou não. Geralmente não
conto histórias da vida real. Construi na escrita
um mundo à parte. Na realidade o pai no qual eu me baseie
para escrever aqui disse erroneamente para o filho que
cigarro não era droga. Um dia a criança poderá
ter alguma dificuldade para entender o que
são drogas, o que são venenos.
Quero saber se tem mais alimento do que veneno
no que vem daqui ou dali e então poder respirar livremente
e alimentar-me de vida e de amor. Quantas vezes um
amigo pediu uma coca ou uma pepsi eu pedi o mesmo para
acompanhar. Já envenenei-me com cigarro e deu um
trabalhão para deixar o vício. Mas, nunca cheguei a
provar maconha ou além.
O que é que está fazendo mal ou bem para você na sua
vida hoje?

terça-feira, novembro 15, 2005

Oi!


Você faz parte...

segunda-feira, novembro 14, 2005

Você faz parte...

Ela precisa sair para tomar um solzinho e fazer os temas de Inglês. Ela estará de volta não se sabe quando. Anda muito ocupada esta moça dos enta.

Beijos calidos!

A propósito

Você faz parte...

O proselitismo não existe hoje na Religião Judaica e com algumas razões, embora eu ache que
um proselitismo discreto e bem intensionado faça parte da vida em tudo. Mas, há proselitismos e
proselitismos. E alguns proselitismos, com o perdão da democracia, saiam da
frente...

O milagre mais prodigioso é a vida e você possui.

Não há nada que se opere de uma forma mais discreta e intestemunhável do que a Paz que como um vislumbre do Céu podemos sentir com profusão em alguns momentos. Esta não pode ser divulgada com sensacionalismo. A Paz não tem nada a ver com sensacionalismo. Também não tem nada a ver com locupretação ilícita (resposta a muitos processos sem causa de pedir), com autoritarismo e loucura coletiva ou histeria.

Material público é material publicavel, é panfleto... Podemos ter opinião sobre esse, embora em alguns casos seja melhor termos desprezo sobre o mesmo.


Os pequenos grandes milagres que ocorreram comigo a maioria não entenderia se eu colocasse aqui. Eles aumentaram a minha fé. Quem sabe se você não é um deles? (Alguém que leia pode ser de uma forma que não encabularia um tímido sequer.)

Uma outra coisa de que tenho pavor é da exploração daquelas pessoas que somente são exploradas por sua carências, o que me leva a pensar que onde há exploração há carência e desejo de uma saída. Não fosse esta saída a desespero! Evitemos o desespero sempre que preciso for! Respire fundo. Pense e só então aja. Eu estarei tentando fazer o mesmo, visto que "sou fogo, crepúsculo e labaredas" (tá entre aspas, pois não sei se alguém já disse isso que parece tão óbvio e bonito para mim).

sábado, novembro 12, 2005

Saladinhas da mamy...



Você faz parte...

...para você

Salada 1: alface americana recortada em pedaços à mão, repolho roxo cortado em palhinha, cebolinha verde picada, rega de molho de iogurte da Uncle Ben's e duas capucinas em cores degradê.


Salada 2: alface americana recortada em pedaços à mão, repolho roxo cortado em palhinha, salsinha picada, rega de molho de iogurte da Uncle Ben's, tomatinho cereja e castanhas salpicadas.

  • Tudo sem agrotóxicos.

A salada 2 é a minha escolhida pois não como flores, embora ofereça saladas com flores que são devoradas com alguma dúvida pelos comensais.

Favor clicar nas fotos para vê-las em tamanho ampliado!

Onde leia-se salsinha tem gente que preferia salsicha e não apenas isso, em vez de salsinha picada substituiria por salsicha pecada, pois é pecado comer salsinha, diz ele. Kikiki...

Faz algum tempo

Você faz parte...

não venho aqui.
Estive envolvida com mudanças sem sair de casa e sem gastos.
A inundação causada pela "chuva forte" (vamos chamar assim) fez com que eu tivesse muitas coisas para arrumar, limpar e colocar ao sol. E ainda não terminou. A chuva significou renovação. Fiz muitas trocas de móveis de lugar, abri novos espaços. Trabalhei muito. Matei a oficina para fazer o trabalho em um só fólego que era o mesmo por incrível que pareça. Desejo de mudança do espaço físico, quiçá do espaço interior.
A água abalou o chão do quarto de casal, molhou os armários, os colchões...Alguma roupa de cama foi fácil de solucionar e a água mexeu muito comigo. Ela anda costantemente presa nos olhos envidraçados quando me pego a ter pensamentos. A vida me comove. Mais do que a vida: a existência...Um lugar difícil de achar um espaço útil e afetivo para tudo e para todos a que nos propomos é este mundo. No dia em que eu fiquei aqui limpando armários inteiros e tirando as farpas de madeira que entraram nos meus dedos eu gostaria de ter enviado um clone meu para desenhar na oficina, tomar café com os colegas e ver os posts que os meus queridos virtuais escreveram na web. E, gente, muitas coisas estavam amontoadas sem classificações. Como são importantes as classificações, as prateleiras e gavetas e os espaços vazios para respiro, as escrescências da vida, as doações de utilidades para os demais, a reciclagem, num processo que é ao mesmo tempo interno e externo e se repete. Eu tenho que isso, que aquilo e aquilo outro e me digo: "Hoje é sábado. Calma! Fique tranqüila, pois já vi tantos caminharem por ti quando precisas mancar..."

segunda-feira, novembro 07, 2005

Novo Ciclo


Você faz parte...
...econômico para o Rio Grande do Sul
Este assunto desde que apareceu na Zero Hora deixou-me intrigada e pensativa. Pois agora tenho alguns achismos menos verdes para colocar aqui:
Artificialmente estaremos obtendo um processo invertido daquele que foi um dia o desmatamento para o plantio e para a criação de gado. A economia do Brasil através dos seus ciclos, outrora, dedicou-se a monocultura. Parce que agora surge uma nova luz que ilumina até mesmo a cabeça do homem de negócios: a biodiversidade. E assim espero que deixem as árvores crescerem e preservem sempre algumas, o que irá favorecer a todos em todos os aspéctos, inclusive naquele que interessa tanto ao comerciante.
O plantio de florestas comerciais para indústria de móveis, papel, etc, não ocorre somente aqui no Rio Grande do Sul, sendo que já li sobre esta prática a respeito de outro local do Brasil. Esta é uma idéia nova que surge depois da obsessão pela soja e exportação desta em um processo de cura que custou a muitos catástrofes ecológicas seríssimas como aquela da seca na Amazônia. (A propósito ontem tivemos uma chuva muito especial que alagou diversos lugares causando problemas- não fui poupada)
Espero que alguns lugares de criação de gado principalmente sejam substituidos pelo plantio de madeira. Meu sonho pode virar realidade? Espero também um Rio Grande do Sul mais vegetariano aos poucos quando o uso da carne passará a ser usado com moderação e teremos outras coisas para trocar com os estrangeiros num mundo que finalmente passa a compreender que a verdadeira riqueza no seu melhor sentido está aliada a idéia da diversidade e da troca entre os indivíduos onde todos estão constantemente se beneficiando de relações saudáveis.

domingo, novembro 06, 2005

Olhando...

Você faz parte...

...os bichos como costumo fazer descobri um serviço de cartões onde podemos enviar cartões do Rio Grande, do Brasil e outros. Veja aqui!

Outra:

Parabéns para minha querida mamãe que está se informatizando muito ultimamente. Oi, eu aqui mamã! Muitos beijos!

Camaleão

Você faz parte...


Imagem do site http://www.riogrande.com.br/


  • Fico devendo o lindo camaleão que encontrei na enciclopédia wikipédia em português, acho que em Portugal, pois deu um "treco" no PC, um "tiuti" como se diz hoje, por causa dos egoístas direitos autorais que não permitem cópia ou utilização nem mesmo do linque específico, conforme ocorre em alguns casos. Por isso não vou nem colocar a imagem que salvei aqui. Mas, vocês podem pesquisar e o camaleão está em destaque por lá.
  • Como este blog se baseia em pesquisa sobretudo da web, um dia poderá deixar de servir aqueles que o apreciam devido a dificuldade cada vez maior em relação aos direitos autorais. E para mim, francamente o que fere mesmo os direitos autorais é se apropriar de uma criação alheia camuflando, "camaleão", como muitos fazem, sem cópiar, colar e mencionar o autor, o site ou simplesmente dizer que não é da nossa autoria, como eu faço. Em todo caso esta é uma enciclopédia livre on line. Mais livre ainda é este blog.
  • Não quiz acreditar, mas repare bem que sempre que aparecer aquele sinal de percentual" % "no meio de um linque ou cerquilha, menor esquecer de utilizar o linque em site pessoal sob pena de haver alguns transtornos no PC (Que parecem não ser muito graves, mas podem acabar se tornando). Aqui fala a voz da experiência.
  • Como não sou de levar desaforo para casa fui encontrar o camaleão bem aqui mesmo no Rio Grande do Sul do Brasil. Veja só! Mas, parece que aqui o bicho costuma se chamar iguana. É um réptil que se adapta ao ambiente pois possui a caracterísitica do mimetismo*.

*"O mimetismo
O mimetismo é a técnica de ocultação dos animais. Essa técnica varia de acordo com o animal e com o habitat em que vive. O mimetismo mais conhecido é característico de espécies com pouca mobilidade, que em geral, costumam ficar em repouso por longos períodos"

"Mudando de cor
Entre os animais miméticos, existem alguns que chegam a mudar de cor em função do ambiente em que se encontram. O "truque" só é possível porque abrigam sob a epiderme células especializadas contendo pigmentos de cores diferentes. Se o ambiente é verde, dilatam-se as células contendo pigmento esverdeado, enquanto as outras se contraem. O camaleão que já referimos é mais conhecido. A sua cor muda de acordo com o tipo de fundo no qual se encontra. "

Dra Cristina Alves- Mais uma vez o Google foi para Portugal e espero que desta vez a Dra. Cristina Alves não se importe com este post do qual eu desde já agradeço. Muito obrigada!

Ai...ai... as vezes complica para postar coisas interessantes por aqui. Mas, dá-se um jeito.

sábado, novembro 05, 2005

Da fauna do...

Você faz parte...

A imagem foi ironicamente encontrada em um site americano.


...Rio Grande do Sul podemos destacar o pássaro joão-de-barro que constrói sua casa de barro no topo das árvores. Mas, o João de Barro também habita outros estados do Brasil. Sua casinha é muito bonita e bem construida parecendo-se com uma oca indígena.

"João-de-barro: ave da família dos dendrocolaptídeos (furnarius rufus). É também conhecida pelos nomes de forneiro, oleiro ou pedreiro. No Ceará é chamada de maria-de-barro; e em Mato Grosso, amassa-barro. Entrou no folclore, como se pode ver da lenda dos caxinauás (R. von Ihering, 443)"

Fonte: aqui. (linque para os "Joães")
No Rio Grande o nome da esposa do passarinho joão chama-se maria, maria-de-barro, pois adotou o sobrenome do marido.

Sobre o João de Barro existe a lenda indígena (linque) e outras histórias e músicas.
*
  • Perto de mim
  • está o
  • bem-te-vi
  • o qual
  • já postei aqui.
*Bom, o passarinho que mais vejo é o bem-te-vi gordinho e papudo de papo amarelo que existe por estas bandas e do joão-de-barro vejo a casa (pessoalmente, digo).

sexta-feira, novembro 04, 2005

"O


Você faz parte...

...meio ambiente gaúcho

Veja aqui (linque)!
A primeira vez entrou linque errado, mas agora concerto.

Foto de minha autoria: na Avenida Osvaldo Aranha. A máquina ficou meio maluca e eu gostei disso. Portanto, eu te digo: não tem efeito especial aqui, mas um problema que às vezes ocorre acho que no cristalino da máquina. (Fica bonito falar assim?)

Fauna...

Você faz parte...
...da Amazônia só para ver e ouvir ("curtindo") alguns sons.
Impressionante como todos dizem é o pássaro uirapuru cujo canto é como o de uma boa flauta muito bem feita talvez de bambu (flauta-de-pan) com um rítimo muito bom. O passarinho, porém não é dos mais belos, eu diria, mas é gracioso (Parecido com codorna diriamos nós aqui do Sul).
Desta vez escolha você mesmo o seu bicho: aqui (linque)
Estes animais infelizmente, não estão mais todos lá, que eu saiba. Seria bom receber uma notícia em contrário e me desculpar por engano aqui neste blog.
O site do qual me sirvo para postar aqui é infantil, mas foi selecionado por mim especialmente para adultos e adolescentes, pois não estou tendo o cuidado necessário para postar neste site para crianças. É um site para adultos. Vale esclarecer sempre, pois não existe aqui toda a preocupação que se deve ter em relação à criança. Se você achar melhor destaque partes apropriadas e envie para crianças.

Errata

Você faz parte...
...Confessemo que erremo porque semo humano.

  • ...Faz alguns dias...
Fazer no sentido de tempo decorrido fica no singular-

  • Preço do livro de bolso colocado abaixo estava um real a menos, mas os preços de feira são mutantes com tendência a diminuirem.

quinta-feira, novembro 03, 2005

Para

gente conhecer: O Projeto Baleias


Esta imagem aí é dos gifs hpg do ig


Você faz parte...
E este é o bicho do dia, por acaso pois esbarrei neste linque e quase tropecei.

Constatação

Você faz parte...
"Faz alguns dias (22 de abril de 1791), admito a hipótese (e passei a vida toda concebendo uma ou outra hipótese) de que beber durante a comida é prejudicial e me sinto muito bem com isso. Algo existe de certo nisso, porque nenhuma modificação de minha rotina de vida obtive um resultado tão bom, tão rápido e tão tangível como nesse caso."
Clássicos de Bolsillo-Lichtengerg-Aforismos
(a tradução é minha)
Na Feira do livro pagaram por este livro: 6,00 (seis reais)
Esse livro supra citado eu vou ler na carona para rever Espanhol, algo que faço de vez em quando.
Sobre o assunto: Qualquer livro sobre Naturismo (ou Naturalismo) fala isso. E então a gente deve se acostumar a não tomar líquido durante as refeições como eu faço, a não ser café com leite ou café ou chá acompanhando lanches, tipo de refeições nas quais não aderi a esse costume salutar.
E saiba que o pior de tudo é o refrigerante durante as refeições. Este diz que foi demostrado na TV como estufa o bolo alimentar numa experiência em que se coloca alguns alimentos por algum tempo encharcados de refrigerante causando estufamento.
*
O livro que comprei na feira vai servir para meus filhos e para aquecer o violão que está muito frio:
Violão Clássico
_Novo Método-
Irineu Krüger_volume 1
Editora Sinoval
Preço que paguei na Feira do Livro: 1,00 (um real-isso mesmo)
Esse livro tem lições bem iniciais ao violão e outras de nível médio, com folclore Clássico, estudos e escalas(Já tenho livros assim, mas gosto de variar)- E já aprovei na experimentação sem pular aquelas lições que só tem melodia, pois toco pensando nos meus filhos que inciaram a música e estão distanciados, sendo que o mais novo atualmente está preferindo malhar, mas pega o violão de vez em quando.

Viva!

Você faz parte...

Acho que não estou bichada, não.


Sobre aquele assunto dos meus e-mails na AOL que acho que não estavam sendo nem um pouco enviados, pois dizia assim: "transferência de aquivo interrompida" (ou quase): O problema está resolvido. Acho que pode ter havido um erro simples ou mesmo um invasor. Difícil saber. Mas, pelo menos por enquanto, está tudo normal.
Espero que continuem enviando-me e-mails, mesmo que eu não goste ou não concorde com alguns. Procuro não julgar as pessoas. Reservado o direito de liberdade não repassar e-mails que não devam ser repassados. Tipo um que poderia ser assim:
*
"Corrente:
Receba e passe para todos os seus amigos esta corrente para ter sorte no amor. Se você repassar esta corrente o amor da sua vida, aquele garboso e pimpão senhor lustroso vai te ligar depois da meia-noite. Aproveite para cestar a tarde toda, pois quando ele ligar não vai mais querer parar de prosear com você sobre exatamente tudo, tudo...você verá.
Agora, se você optar por não ser minha amiga e desgraçar a sua vida, terás cinco anos de azar no amor. E eu não vou nem olhar mais para a sua face.
*
Bom, pessoal: Eu não repassei esta corrente evitando assim que qualquer bonitão que existe as pencas por aí me ligasse numa horinha meio imprópria, lógico. Problema é que estou muito carente.
Estou precisando assim de mais amoooooooooooorrrrrr. E como recebi este mesmo email umas dez vezes mais ou menos então terei 50 anos de azar no amor. Isso que já estou com 43 anos! Ou viverei 93 anos e serei amada como eu gostaria mesmo ou na outra encarnação ainda terei chance. Mas, por gentileza, amigas (as mulheres que gostam mais destas correntes) não me enviem nunca mais esta corrente, ok?
Declaro-me a maior quebradora de correntes do mundo.
*
Algumas correntes são mais restritas como aquele e-mail a respeito dos problemas que a coca-cola pode causar e dizendo que devemos tomar seis copos d'água por dia pois a água evita muitos problemas. Até aí acho que está tudo bem, mas dizia para passarmos o e-mails para todas as mães de filhos pequenos para que não dêem coca para o filho. Quem não sabe que se deixamos alguns dias um osso dentro da coca-cola ele se dissolve, que coca-cola tira ferrugem, tira mancha? E não proibo ninguém de tomar coca-cola, mas por favor não façam isso todos os dias, tá? Não tomem refri todos os dias. Tomem chá! Tomem suco ou até mesmo água pura que não enferruja! Por falar nisso vou confessar uma coisa à vocês: eu tomo muito café. Mas, tomo até as 16 horas da tarde para não ficar insone. Mas, mesmo assim às vezes me passo e fico nervosa por causa disso. Somos todos uns envenenados, é certo. Uns mais, outros menos. Há um livro com um título muito bom (eu nunca li este livro): "Nós os intoxicados" (a anos atrás tinha para vender na antiga macrobiótica onde eu costumava comer uma sopa deliciosa.
*
Se você for logo a feira do livro, toca violão, não se importa de tocar músicas mais simples ou tem alunos de violão, saiba que eu achei na feira do livro um livro de violão que estava custando um real e comprei. Esta foi minha compra hoje na feira. O livro estava com algumas marcas amareladas nas bordas. Pouca coisa...Sou nojenta para sujeira. Deu para comprar.
*
Sobre a coca-cola. A coca-cola tem um certo valor sentimental para mim. Ah...muito de vez em quando eu tomo coca-cola em algum aniversário e no último deixei o copo pela metade tomando tônica(Devido a uma pregüiça que tenho de acreditar que tempo não é mesmo dinheiro, pois poderia ter complicado e feito um chá da india com limão como costumo ter na geladeira). Levei meu sanduiche para festa e fiz outros integrais também. Era aniversário do meu filho. Alguns sanduíches eu fiz de pão de centeio e tive com certeza alguns sócios, pois naturalistas sempre conseguem alguns sócios, infelizmente a maioria deles de ocasião.
E também gosto dos EUA, do Mac Donald longe de mim, lá fora de vez em quando para pedir uma salada ou umas batatas fritas (nem estou gostando mais como já gostei), mas desejo sinceramente que o Mac Donald faça para mim uns sanduiches de hamburguer de soja com pão de centeio, queijo de minas frescal, ricota ou tufu, alface americana mesmo bem crocante e molho a escolher. Assim está melhor. Os suquinhos estão gostosos por lá. Derrepente parece que tem até chazinho. Refri não que incha a pança. Obrigada!
*
Aviso aos navegantes: Não sou muito naturalista e comi a torta do último aniversário que fui que estava muito ruim. Se fossse eu teria feito uma torta melhor, mas não sou muito dedicada a cozinha fazendo muitas outras coisas. Ah...eu teria feito uma torta de abacaxi em calda com nata.
Não naturalista é claro. É só molhar os discos naquela calda do abacaxi. Picar o abacaxi e misturar com a nata. Depois tem mais um detalhe: cobrir com nata ou merengue, mas prefiro nata. E...decorar com abacaxis em cima. Tu não imaginas o que é esta receita que aprendi com uma tia...Ou comprar uma torta na Colmeia, encomendando antes daquelas tortas naturalistas deliciosas que eles fazem por lá. Mas, isso se fosse meu aniversário, lógico e se você fosse, claro...
*
Sobre a alimentação mais adequada a nossa qualidade de vida como cidadãos de cultura norte e sul americana eu tenho aqui (linque) o último e-mail que recebi de um gordinho muito simpático.

Estou

Você faz parte...

...bichada.

No PC. Ou seria pior. He...he...

A transmissão dos meus e-mails foi interrompida hoje. E já tomei algumas providências.
Então deixo uma cartinha que espero que alguém por ventura leia podendo ser útil:

Olá queridos!


O último e-mail que enviei era um caso verídico, de humor e ao mesmo tempo com lição de moral sutil (eu gostei e apaguei rápido demais ou iria colocar aqui) e o computador me avisou que a transferência foi interrompida. O e-mail veio em html ou htm e não me lembro de ter recebido e-mail desta forma antes. Então tirei todos os sinais de htm e me desculpei caso tivessem ficado alguns. Não sei se vocês receberam este e-mail e em que condições.
Isso me deixou suspeita de invasão. Lógico que vou passar anti-vírus e fire wall. Faça o mesmo logo!

Sobre e-mails de corrente ou daqueles que por um motivo ou outro tem intensão de virar corrente como estes em que se envia para todos os amigos e para própria pessoa que enviou eu não repasso nunca. E agora mesmo recebi um assim, que pode ter sido enviado com a melhor das boas intensões ou podem ter usado o nome de e-mail desta pessoa para me enviar este e-mail.
Outra coisa que não me canso de repetir sobre isso é que eu não estou pretendendo salvar a vida de ninguém por e-mail. Apenas quero trocar amizade, carinho, idéias e alguma energia positiva desta forma. E andei recebendo uns e-mails estranhos supondo que quero me promover ou tentar salvar o mundo por e-mail. Pensei que podem ser mesmo meus próprios amigos que me enviaram mensagens do gênero com a melhor das boas intensões ou não. E não repassei nenhuma mensagem sobre uma criança com câncer, uma menina loirinha desaparecida, sobre como a coca cola pode nos matar, etc...Não quero ofender ninguém, mas eu sei o perigo que isso representa quando apelam para o nosso melhor lado para "espertamente" nos invadirem e nos abusarem.
Tem um e-mail de ursinhos que recebi várias vezes sempre que recebi que diz no final para enviar para todos os amigos e para o amigo que enviou para sabermos quantos amigos temos. Pois eu não quero saber quantos amigos eu tenho. Também não quero controlar algo muito sutil que chamamos de amizade. "Não se devem agarrar as musas", mesmo. Não estou disposta a dar nenhuma prova de amizade. Eu não entendo muito bem, aliás o sentido da palavra amizade para todo mundo. O que é amizade para mim é simplesmente ser honesta com todo mundo e ter uma predileção por aquelas pessoas a quem gostamos e curtimos que nem sempre deve ser revelada para não desfazer nos outros e seguir uma dinâmica de relacionamentos que mudam sempre com o passar do tempo, quando algo que era ruim pode passar a ser bom e vice-versa.
É pelas nossas carências, pelas nossas próprias penas que sucumbimos e apesar de eu não ter enviado quase nenhum dos últimos e-mails que recebo, pois tenho um critério de seleção bastante pessoal, eu creio que assim mesmo este computador está invadido ou esteve o que talvez possar requerer da minha parte um isolamento, algo comum na minha vida ao qual estou já acostumada e não vai me prejudicar nem a vocês.

Ruth iara

quarta-feira, novembro 02, 2005

O

Você faz parte...

...remédio da batata

Em uma vila distante um médico bancário atendia um posto de saúde. Não tinha consultório. Quando seus colegas de faculdade formaram-se ganharam desde já dos pais um consultório com tudo que precisavam para iniciar a profissão, mas seus pais careciam de recurso e compraram para ele os livros com muita dificuldade. Mas, ele era estudioso e formou-se à tempo. Fez um concurso para banco e passou. Incialmente pensou que o banco iria ajudar a montar um consultório, mas logo se apaixonou, casou, teve um filho. Teve tabmém problemas que o deixaram com dificuldades econômicas. O sonho de montar um consultória ficava cada vez mais distante da realização, até que ele simplesmente desisitiu da idéia, mesmo porque estava muito envolvido com as doenças das pessoas que ele atendia que lhe causavam muita preocupação.
No seu local de serviço este doutor tratava pessoas muito pobres que não tinham dinheiro para comprar medicamentos tradicionais.
Certa vez o médico receitou um remédio não lembro para que problema de saúde e este remédio consistia em colocar uma batata no liquidificador, coar e tomar o suco da batata na dose indicada.
Desta forma pouco a pouco o paciente ficou bom do seu problema, mas logo descobriram no posto que ele não estava seguindo a orientação tradicional que recebera. E disseram para o Doutor que se ele não parasse já com este sistema alternativo perderia o seu diploma.
Não se soube depois se ele continuou a tratar dos pacientes receitando a alopatia tradicional como fora intimidado a fazer, se desistiu da profissão e ficou somente trabalhando num banco ou se tomou um caminho desconhecido que não sabemos qual foi.
Mas, para que era mesmo o remédio da batata? Como ele fez para descobrir este remédio, ele que ficava lendo até altas horas da noite sobre como deveria lidar com o problema daquelas pessoas que lhe procuravam depositando nele toda a sua confiança?

terça-feira, novembro 01, 2005

Veja!

Você faz parte...

Este assunto "Biomas do Brasil" eu gosto de repetir aqui de várias formas. Acho importante a gente repassar estes assuntos em suas diversas visões e assim nos familiarizamos com a nossa própria cultura brasileira que não é fácil devido a extensão do território brasileiro.

Vamos ver um vídeo sobre o Cerrado?

Em Media Player
Em Real Player

Fonte: Biblioteca do Futuro

Créditos do Vídeo

Poema de abertura
"O IPÊ" de Elza de Moura Narrado e interpretado por
Giovana Campos de Oliveira
Direção, imagens e ediçãoPaulo Baroukh
Roteiro e concepçãoPaulo BaroukhIvy Wiens
Produção
de campoIvy Wiens
Trilha Sonora
composta e gentilmente cedida por
Levi Ramiro (www.leviramiro.hpg.ig.com.br)
Realização do vídeoPB Vídeo Comunicação