sexta-feira, agosto 12, 2005

Pão preto

Você faz parte...

"Lá vem ela de novo com os integrais..."

Em casa para que saibamos manter habitos saudáveis...
Nas escolas carentes que oferecem merenda para melhorar a inteligência das crianças...
Nos hospitais para que os doentes se recuperem mais rápido adquirindo forças....
Nas clínicas para doentes mentais para melhorar a sanidade mental...
Nos presídios para que junto a sabedoria seja oferecido o pão mais verdadeiro que há subtituindo o pão branco que alimenta muito pouco e a astúcia adquirida em prisões.

Só quem não pode comer o pão preto são algumas pessoas; caso especial de intolerância orgânica que deve ser averiguada e idosos que estão com os seus corpos já acostumados demais a receber falsas informações de alimentos que não alimentam verdadeiramente.

O pão é mais digestivo torrado ou refogado com azeite ou manteiga.

O pão petro deve ser uma regra e não uma exceção e juntamente com massas integrais, açúcar mascavo e arroz integral deve corrigir um erro crasso da nossa civilização, um ledo engano, um problema social e intestinal.

Para uma nutricionista que está cuidando de alguém, o pedido justificado que sabem comer fazem não deveria ser um pedido por pão petro para que o meu organismo funcione melhor, mas um pedido por pão branco justificado por muita rara exceção de intolerância.

Vender produtos integrais com preços muito acima dos produtos refinados que gastam muito mais energia para serem feitos é astúcia do mercado, falta de patriotismo, falta de senso ecológico e de amor ao próximo. Se a maioria faz isso não se justifica. Precisamos de heróis e não de maiorias estagnadas que não progridem e despresam a imaginação.

Alimentos integrais desaparecem do mercado e a nossa saúde também.

Salve o pão preto e salve você!
Obrigada por ter vindo!
|

Links to this post:

Criar um link

<< Home