terça-feira, julho 26, 2005

"Com o rosto alheio"

<><><>
=]Bem-vindo(a) a este lar virtual!

"O transpante de face pode sair da ficção e entrar nos hospitais

RETIRAR O ROSTO de um morto e costurá-lo de volta em uma pessoa viva pode virar realidade nas mãos de médicos da Universidade de Louis-ville, Estados Unidos. Eles pretendem realizar um transpante de rosto para ajudar vítimas de deformações graves causadas por queimaduras, acidentes ou doenças como câncer." (...)

Revista Sapiens
famía SUPER

Eu acho um pouco horripilante isso, mas não vejo nada de mal na verdade. Vai ser um procedimento que vai ajudar e fazer feliz muitas pessoas e vai ajudar também a trabalharmos melhor os nossos apegos em relação ao nosso próprio corpo e ao corpo das pessoas queridas. Sentiremos de uma forma mais experienciada no futuro aquilo que diz na Yoga e no Budismo para que se repita: "Não sou meu corpo". Um rosto pode ser muito significativo para nós. Imagine ver alguém com o rosto daquele que um dia foi o amor da nossa vida! Muito estranho. Mas, dou total apóio e não me oponho _ tenho meus orgãos todos doados conforme consta na minha carteira de identidade_Acho muito ecológico uma pessoa ser reciclada depois de morta, mesmo que isso contrarie as respeitáveis crenças de algumas religiões. Ninguém deve obrigar ninguém a nada.

Já pensou?
|

Links to this post:

Criar um link

<< Home