sábado, julho 23, 2005

Cães Ferozes

<><><>
e outros cachorrinhos

_ assunto novamente em pauta.

Hoje foi notícia no jornal da AOL. Não consegui colocar o link aqui infelizmente, mas trago um pedacinho desta reportágem (muito extensa):

"A governadora do Rio de Janeiro, Rosinha Garotinho, assinou em 6 de julho um decreto que proíbe a importação, a comercialização e a criação de pitbulls, além de tornar obrigatória sua esterilização. Também fica restrito das 10h da noite às 5h da manhã o horário de passeio dos chamados “animais ferozes”. Pela lei, entra nessa categoria todo cão que tem índole de fera e coloca em risco a integridade do cidadão – mais especificamente as raças fila, doberman, rotweiller e pitbull. "(...)

Noticia do Jornal da AOL do Brasil

Li que agora existe gen disso, gen daquilo e durante muito tempo depois das infelizes teorias nazistas nem se falava mais no assunto. Foi aquele período em que os cientístas tinham cuidado para que não fosse descoberto o gen da falha humana. (brincadeirinha alema-das orige)

Meu posicionamento a favor da continuação dos pit bulls e de outros animaizinhos ferozes é certo hoje e trata-se de uma decisão ecológica e política, tendo em vista que eu tenho o tal do gene da ferocidade, se é que ele existe, e me tirem fora dessa! Se não posso me suicidar que também não me matem! Eu ficaria magoada.

Em suma, todos aqueles que tem vontade de vez em quando de torcer o pescoço de outrem, que quando crianças batiam, mordiam, e eventualmente quando adulto às vezes escapa um berro ou mesmo um ataque físico pode ser extinto do planeta, mas eu te pergunto por quem? Certamente que gente mansinha não iria fazer uma coisa dessas. Se depender dos mansos os bravos continuam tendo seus xiliques. E olha que tem gente que está ganhando muito bem com estes últimos.

Creio que o tal gene da ferocidade está mesmo em todos nós e muitas vezes guardado a sete chaves, como um rio que forma uma represa. É preciso respirar fundo, relaxar e transformar o planeta a partir de nós mesmos.


=]Bem-vindo(a) a este lar virtual!
|

Links to this post:

Criar um link

<< Home