terça-feira, julho 26, 2005

Abuso de menores na internet

<><><>
=]Bem-vindo(a) a este lar virtual!

Para quem não sabe pedofilia é abuso sexual de crianças.
Acho que a novela das 8 faz muito bem em explorar este tema, se bem que não posso dizer como porque não tenho visto a tal novela. Sou contra a censura e a favor do esclarecimento. Se há censura é por que não há esclarecimento e não há tratamento para pessoas que sofrem de desvio sexual, cujos abusos se proliferam em diversos setores da sociedade, inclusive entre médicos e padres.

O abuso sexual de crianças e de menores é susposto fator de uso de drogas das crianças no futuro juntamente com violência física e moral (humilhação). Acredito que o sujeito pervertido sexualmente também tenha sido de alguma forma abusado durante sua infância.

Algumas pessoas a respeito de casos assim, em que há covardia no comportamento de criminosos simplesmente dizem: "Tem de matar!" Mas, de que adianta extipar um membro quando o corpo todo está infestado por erros sociais?


Por Dante Donatelli ::

AOL Fórum:

"Internet é a principal invenção dos últimos tempos, é um objeto fantástico, maravilhoso. Com ela tenho acesso a uma quantidade de conhecimentos e informações que normalmente levaria meses para poder arregimentar e organizar, afora o custo que significaria ter acesso a estes bens. Estou absolutamente convencido que a Internet fará pela educação nos próximos anos e décadas o que a invenção da impressa realizou há cinco séculos com a socialização do livro e do conhecimento. Ainda usamos muito pouco dos recursos da Internet no contexto da aprendizagem em sala de aula. É apenas uma questão de tempo para que ela transforme o nosso modo de fazer educação, entre outras tantas coisas que elas nos oferece.O que me chama a atenção neste momento é como a Internet se tornou um instrumento perverso quando mal utilizado ou mal apresentado às pessoas. Bom exemplo é o que a televisão mostra neste momento sobre o uso da Internet e a perversidade de um pedófilo que tira proveito de uma criança em um chat.Evidente que a Internet facultou aos malucos de plantão em nosso planeta um território livre para se mostrarem e tentarem tirar proveito de crianças e jovens. A bem da verdade é que estes tresloucados sempre estiveram entre nós, a Internet deu a eles um novo instrumento para praticar maldades. Causa um certo espanto a forma como se apresenta o tema, em um veículo de massas como a TV colocando a Internet como objeto facilitador destas atrocidades. Faço aqui algumas ponderações: primeiro, a Internet é um território livre e sem censura; segundo, os pais têm o dever de saber o que seus filhos fazem, em especial quando estão em casa.Toda e qualquer forma de censura é danosa. Nada justifica usar meios que limitem a expressão e o acesso das pessoas ao conhecimento e à informação. A Internet, especialmente, sofrerá ainda muito com este debate. Mesmo os grandes provedores, como a AOL, têm mecanismos eficazes de controle e acesso, mas eles ainda não são suficientes para dar toda segurança necessária às pessoas que circulam pela rede.Por outro lado, é espantoso poder constatar que pais e mães são displicentes a ponto de não se darem conta do que os filhos estão fazendo dentro de casa. Uma criança que passa horas na Internet e os pais sequer se dão ao trabalho de observar, dar uma pequena passada para ver o que estão fazendo é verdadeiramente um descalabro.A proteção aos filhos é uma questão física também, estar presente ao lado deles é uma obrigação. Quem sabe o mérito de cenas como esta, em uma novela na TV, possam ajudar os pais a se darem conta da sua importância para os filhos. De certa forma, me parece uma aberração tal afirmação ou tal alerta, já que suponho serem os pais, pela sua maturidade, pessoas mais capazes de discernir onde há mais riscos para os filhos e assim intervir prontamente na preservação da sua integridade.Se tal discussão for levada adiante pela novela, não tardará para alguns arautos da moralidade se arrogarem que é chegada a hora de aplicar censura, seja à novela, seja à Internet. É o caminho mais rápido para resolver um problema como este, porém de eficácia e inteligência questionável.O mau gosto e precariedade do enredo da novela, no nosso entender, são mais preocupantes. Se não houvesse público para este lixo cultural, muito provavelmente não haveria necessidade de se polemizar tanto. Como a Internet que possui milhares de páginas horrendas, a TV está lotada de porcarias, cabe apenas não acessar tais páginas assim como não assistir a estes folhetins.Com um pouco mais de educação poderíamos ter uma população menos exposta ao mau gosto e mais disposta a serem críticas da mediocridade, dando a Internet e a TV, ao menos no âmbito da casa, uma conotação menos indulgente e mais inteligente."

*Não concordo ou discordo com a opinião do autor do texto sobre a novela das 8, pois não tenho dados suficientes para julgar.
|

Links to this post:

Criar um link

<< Home